Além de muita música, primeiros dias do Rock in Rio é marcado por protestos de ‘fora Temer’

O primeiro final de semana da edição de 2017 do Rock in Rio, realizado no Rio de Janeiro, reuniu centenas de milhares de pessoas por conta das apresentações das celebridades da cena pop e outras atividades ligadas à música.

Depois da música, outro fato que chamou a atenção durante o evento foram as manifestações de reclamação ao governo Temer. Em vários momentos, o coro mais explanado foi o de ‘fora Temer’.

As manifestações sempre ocorreram sem qualquer motivação ou provocado por discursos dos artistas brasileiros. No sábado, 18, durante a apresentação da banda Skank, o vocalista do grupo, Samuel Rosa, soltou sua revolta. “Nesse momento conturbado, de uma crise moral, ética, quero falar para a classe política do país não tornar tão árdua e tão difícil a missão de acreditar neles”, disparou, sendo acompanhado pelo coro.

 

Notícias Relacionadas