Economia recua e previsão do PIB 2018 cai para 2,5%

O governo federal reduziu de 2,97% para 2,5% a previsão de crescimento da economia brasileira em 2018. O dado consta do relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas, divulgado nesta terça-feira (22) pelo Ministério do Planejamento.

A revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – que é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país em um determinado período – já havia sido adiantada na semana passada pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista à imprensa estrangeira.

A expectativa menor para o PIB neste ano é reflexo da divulgação de indicadores que apontam para uma recuperação econômica mais lenta do que o esperado. Nesta quarta-feira (22), o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) indicou retração de 0,13% no PIB no primeiro trimestre de 2018, na comparação com os últimos três meses de 2017 – o resultado oficial do PIB no primeiro trimestre será divulgado pelo IBGE no dia 30 de maio.

Além disso, no início de maio o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já havia apontado que a produção da indústrial brasileira encerrou o primeiro trimestre estagnada, na comparação com o trimestre anterior, o que contrariou previsões do mercado.

Economistas também já vinham reduzindo sistematicamente sua previsão para o crescimento da economia. No mais recente relatório Focus, pesquisa semanal do Banco Central com mais de cem instituições financeiras, a estimativa para o PIB foi revisada de 2,71% para 2,51%. (com informações da Globo.com)

Notícias Relacionadas