Em Anápolis, Professora Geli e Katia Maria batem Marconi Perillo e Zé Eliton nas urnas

Se no Estado de Goiás, a votação da chapa tucana teve um desempenho frustrante e muito distante dos resultados nas últimas eleições, em Anápolis a situação não foi diferente. Embalado pelo desempenho de Antônio Gomide, que aintgiu votação recorde na cidade, os eleitores anapolinos conferiram ainda votação superior para a chapa petista em relação aos tucanos.

Em Anápolis, Zé Eliton, candidato à reeleição ao Governo de Goiás, ficou atrás de Kátia Maria. A petista obteve 8,96% dos votos válidos, enquanto a campanha de Eliton à reeleição estacionou nos 7,86%.

Já para o Senado, a vereadora Professora Geli obteve 6,17% dos votos válidos, enquanto Marconi Perillo ficou com 4,83%. Este percentual chama ainda mais a atenção tendo em vista que Perillo sempre teve desempenho maciço na cidade.

A queda do percentual eleitoral de Marconi Perillo na cidade, no entanto, não é um fato inédito. Desde 2014, quando foi candidato à reeleição ao Governo de Goiás, Perillo já havia perdido a eleição na cidade e justamente para um petista. Naquele ano, Antônio Gomide obteve 56% dos votos dos anapolinos, enquanto que Marconi ficou em segundo, com 34%. Agora, quatro anos depois, o cenário de distanciamento se acentuou. A influência da popularidade de Gomide na cidade pode ter sido decisiva: o deputado estadual eleito foi prefeito por dois mandatos, sendo o prefeito reeleito com maior votação percentual do Brasil em 2012.

Notícias Relacionadas