Gomide se une a clubes que cobram apoio da Prefeitura ao futebol amador

O vereador Antônio Gomide (PT) participou na última segunda-feira, 8, de uma reunião realizada entre o secretário municipal de Esportes, Gerson Santana, com os representantes dos clubes de futebol amador de Anápolis, liderado pelo presidente do clube Força Jovem, Ronaldo Dutra. Na pauta do encontro, o apoio financeiro que a Prefeitura dará aos clubes de Anápolis para o fortalecimento do esporte em 2018.

Embora previsto no orçamento do executivo para 2017, o repasse financeiro aos clubes não aconteceu, sendo que as equipes ficaram com pendências após o encerramento do campeonato. Agora, a Prefeitura estuda uma forma para compensar o não repasse, bem como o que será investido nos clubes em 2018. Há um debate entre valores e os clubes esperam um posicionamento final da Prefeitura.

Para Gomide, é importante que seja paga a verba referente a 2017 para que os clubes não tenham prejuízo. “O dinheiro já estava no orçamento. Então é preciso que seja pago os R$ 70 mil de 2017 e que seja acordada a forma para 2018 atendendo o valor que o prefeito julgar importante”, salientou.

Já os clubes aguardam um valor de R$ 150 mil, conforme explica o representante dos clubes, Ronaldo Dutra. “Seria R$ 50 mil para compensar o ano de 2017 e outros R$ 100 mil para 2018. Espero que após essa reunião o prefeito avalie e garanta a realização do campeonato de futebol amador em 2018. Foi uma promessa dele, inclusive”, disse.

O secretário municipal de Esportes, Gerson Santana, disse que o novo método de fomento obedecerá ao marco regulatório. “Acreditamos em R$ 100 mil para compensar 2017 e fomentar 2018, mas vamos chegar a um entendimento jurídico da questão”, afirmou.

Investigação

A morte de Teori Zavascki, ex-ministro do STF, não teve “ato intencional”, segundo relatório apresentado pela Polícia Federal depois de análise dos destroços do avião que o vitimou com mais cinco pessoas. A morte ocorreu há um ano, no litoral do Rio de Janeiro.

Pressa?

Para ser julgado no próximo dia 24, o processo de Lula furou a fila de outros sete processos que estão aguardando para serem julgados em segunda instância. O TRF-4, no entanto, decidiu que Lula deve ser avaliado com prioridade.

Pegou mal

A repercussão da entrevista que Luciano Huck concedeu a Fausto Silva na Rede Globo, no último domingo, foi além do processo por abuso de poder econômico, promovido pelo PT. Nos bastidores, Huck precisou procurar aliados e amigos na política para explicar suas declarações. Em parte da população, a fala ostensiva também gerou incômodo.

Resultado

A reação popular e a ação política do vereador Antônio Gomide para evitar o fechamento da agência dos Correios na Jaiara teve resultado positivo: após reunião com o superintendente dos Correios em Goiânia, a unidade se manteve aberta, servindo como posto bancário para toda a região.

Não troca

Jovair Arantes, presidente do PTB, também bateu o pé e disse que não aceita que Cristiane Brasil seja retirada da nomeação para ocupar o Ministério do Trabalho. Brasil, filha de Roberto Jefferson, vive às voltas com problemas de acertos trabalhistas mal explicados.

Animado

Daniel Vilela chega a Goiás depois do recesso de fim de ano e inicia uma peregrinação pelo Norte Goiano, realizando visitas por diversas cidades. É o sinal de que, para ele, a campanha já começou a todo vapor.

Se a moda pega

A bilionária da comunicação e apresentadora americana Oprah Winphrey, que roubou a cena em um discurso inflamado durante a premiação do Globo de Ouro, é lembrada nos EUA como possível candidata à Presidência dos EUA, contra uma possível reeleição de Donald Trump. Oprah saiu da pobreza para conquistar um patrimônio estimado em US$ 2,8 bilhões.

Escondido

Contando as horas para assumir o comando do Governo de Goiás, o vice e pré-candidato José Eliton (PSDB) desapareceu dos noticiários goianos depois que foi deflagrada a sequência de rebeliões que ganharam as manchetes nacionais. Eliton foi secretário de Segurança Pública e quer evitar mais este desgaste para a sua já questionada liderança para ser candidato.

De olho

Maguito Vilela tem comentado em conversas políticas que deve procurar o PT para dialogar sobre alianças com vistas à montagem de uma chapa para as eleições de outubro. O ex-governador defende a ampliação de uma frente de oposição com nomes que sejam referência em suas regiões.

Depende

A Câmara Municipal de Anápolis pode ter até cinco candidatos a deputado estadual. Alguns são tidos como certos, outros negociam diretamente o apoio do prefeito Roberto Naves em colocar a gestão à disposição para apoiá-los.

Escolhe eu!

Além dos nomes do PTB, como os vereadores Jean Carlos e Leandro Ribeiro e o secretário Alex Martins, parlamentares de outras legendas também esperam a unção municipal para se lançar ao pleito.

A pergunta:

Neste momento da gestão Roberto Naves na cidade, o prefeito seria um cabo eleitoral para ajudar a ganhar votos dos anapolinos?

Decidiu

O presidente da Câmara, Amilton Filho (SD), bateu o martelo para seus apoiadores: será candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa em outubro. Ele também deve contar com o apoio do prefeito Roberto Naves.

A Veja viu

A Revista Veja, da Editora Abril, decretou “o fim” da pretensão de Jair Bolsonaro (PSC) em concorrer em pé de igualdade com os demais concorrentes à Presidência da República. A coluna Radar ponderou que “o mito de único político honesto que ele construiu começou a ruir”. A referência da publicação é sobre a reportagem da Folha de S. Paulo, que mostra o rápido enriquecimento dos Bolsonaro na política.

Quem pega?

Em se confirmando o fim do “mito”, uma nova briga de grupos de centro-direita começa: em disputa está o espólio do deputado carioca que chegou a marcar 20 pontos nas pesquisas. Há quem aposte que Alckmin (PSDB) possa ser ameaçado por uma candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) como catalizador desta herança bolsonariana.

Carne ou queijo?

Um grupo de ex-políticos e integrantes da crônica política de Anápolis se reuniram para um bate papo e postaram nas redes sociais a criação de uma “frente suprapartidária” em defesa da cidade. Questionados sobre quais seriam as frentes de trabalho, a verdade saltou nas telas: alguns deles se juntaram para abrir uma pastelaria.

Sumida

Em tempos de violência solta, com direito a execuções à luz do dia, o debate sobre segurança pública envolvendo a criação da Guarda Municipal praticamente foi banida da pauta das entrevistas ao prefeito e seus assessores. Um ano se passou e a alegação é a mesma: “o projeto está chegando”.

Mistério

José Serra, senador pelo PSDB, foi novamente delatado. Agora, ele foi acusado de receber R$ 52 milhões da Odebrecht no mesmo esquema de propina e Caixa 2 aplicado pela empresa. Até agora, nada aconteceu e Serra continua senador como se nada tivesse acontecido.

Intocáveis

Serra se iguala ao ex-presidente do PSDB e ex-candidato Aécio Neves que, mesmo depois de flagrado em áudio insinuando que deveria matar o primo antes que ele fizesse uma delação sobre os R$ 2 milhões que recebeu da JBS, também circula no Senado sem que nenhuma força política ou do Judiciário os cobrem sobre quaisquer explicações.

Alto lá

Em tempos de insegurança, a Câmara Municipal saiu na frente e contratou uma equipe de guarda armada para evitar a invasão noturna à obra inacabada do Legislativo e, ainda, coibir quaisquer ataques a vereadores. Ano passado houve incidentes de agressão envolvendo parlamentares.

Fala, Temer

Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Michel Temer afirma que um de seus sonhos ao fim do mandato é apresentar a proposta de “semi-presidencialismo”. O presidente ainda amenizou apoio a Henrique Meirelles numa disputa à Presidência. “Prefiro vê-lo na Fazenda”, disse.

Oportunidade

Estão abertas as inscrições no processo seletivo para ocupar sete vagas de professor substituto no Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Anápolis. Os interessados devem se inscrever até o próximo dia 31 de janeiro. A carga horária é de 40 horas semanais e o salário pode chegar a R$ 5.742. Mais informações no site do IFG.

Carro é engolido por cratera na Avenida São Francisco, Jundiaí

Um buraco de grandes dimensões se abriu na Avenida São Francisco, no bairro Jundiaí, e engoliu um carro na última quarta-feira (10). No início da semana, um outro buraco como este colocou em risco pedestres e motoristas que passavam pela Avenida Barão do Rio Branco.

Em julho de 2017, a gestão Naves promoveu o recapeamento da Avenida São Francisco. Populares ouvidos já colocavam em xeque a qualidade do serviço feito pela Secretaria de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, durante a realização do asfaltamento.

Com os dois incidentes desta semana, pessoas que moram ou trabalham próximo aos locais onde as crateras se formaram passaram a cobrar uma posição do prefeito Roberto Naves quanto à qualidade do material utilizado nos empreendimentos para recapear ruas da cidade.​

Enquanto isto…

Enquanto o buraco se abria, Roberto Naves e o deputado Jovair Arantes estavam reunidos com Marconi Perillo e José Eliton decidindo o futuro da Secretaria Estadual de Desenvolvimento: pressionam para que ela fique sob o comando do PTB, só não sabem se com o mesmo ou um novo titular já que o ritmo de trabalho de Francisco Pontes tem desagradado Perillo.

Notícias Relacionadas