Instituto Serpes anula levantamento de votos para o Senado em Goiás

Nesta segunda-feira (11), o Instituto Serpes informou que foram anulados os levantamentos detalhados feitos do primeiro e segundo votos para o Senado em Goiás e que haviam sido publicados em O Popular no domingo (10). A informação foi dada pela jornalista Fabiana Pulcinelli.

A anulação não alterou os dados gerais das intenções de votos para o Senado, que seguem válidos (veja quadro).

O fato de três pré-candidatos não aparecerem na lista do segundo voto gerou os questionamentos. De acordo com a direção do Instituto Serpes de Opinião e Mercado, um equívoco na configuração do coletor eletrônico usado nos registros das pesquisas gerou erros no processamento das relações dos dois votos em separado.

“Ao O Popular, nosso cliente, aos candidatos e ao eleitorado em geral pedimos sinceras desculpas”, afirma em nota o Instituto.

Conforme apresentado nos dados gerais, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) é o primeiro colocado na disputa ao Senado, com 14% das intenções de voto, seguido pela senadora Lúcia Vânia (PSB), com 10,2%.

Notícias Relacionadas