“O prefeito precisa entrar nesta luta pelo presídio”, convoca Gomide

Por mais uma vez nesta semana, a Câmara Municipal de Anápolis foi ocupada pela família dos detentos que cumprem pena na Cadeia Municipal. O objetivo da ida das dezenas de pessoas, que levaram cartazes e gritaram palavras de ordem, é pressionar o Poder Legislativo para que entrem na questão contra a regionalização do Presídio Estadual de Anápolis.

O movimento foi feito: os vereadores provocaram reunião com o responsável pelo sistema carcerário de Goiás, Coronel Edson Costa. O encontro reuniu integrantes do Legislativo, do Poder Judiciário e representante do Ministério Público.

“Fizemos a nossa parte e fomos ao responsável pela situação. Mas o prefeito precisa entrar nesta luta junto a Anápolis e falar para o governador Marconi Perillo que queremos ocupar o presídio com as pessoas da cidade de Anápolis”, declarou Antônio Gomide, em pronunciamento nesta manhã de quarta-feira (28).

“Estas famílias têm na Câmara Municipal seu ponto de apoio para serem atendidos em suas reivindicações. Fizemos uma visita ao coronel Edson, responsável pelo sistema carcerário, e as notícias não foram tão boas, mas nós fizemos a nossa reivindicação. Estivemos todos lá, do Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público. Agora, falta o prefeito Roberto Naves entrar na questão e pressionar”, concluiu.

Familiares de presidiários transferidos de Anápolis para Formosa reivindicam que eles sejam trazidos de volta para o Presídio Estadual de Anápolis

Notícias Relacionadas