Operação contra tráfico de armas teve prisões em Anápolis e outras quatro cidades goianas

A Polícia Civil do Distrito Federal realizou nesta quinta-feira (12) a 2ª fase da Operação Paiol, que tem como objetivo desarticular grupos que atuam no tráfico de armas. Em sua última atualização, a PC informou que nove pessoas já haviam sido presas, sendo quatro em Goiás.

A operação, em andamento no DF e cinco cidades goianas, cumpre 11 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão. No Estado de Goiás, são cumpridos mandados em Goiânia, Anapólis, Jaraguá, Cidade Ocidental e Valparaíso de Goiás.

Dez mil munições, 23 armas, cédulas de dinheiro falso e coletes à prova de balas foram apreendidos. Está responsável pela operação do delegado Victor Dan. Ele adiantou que mais ações de combate ao tráfico de drogas estão previstas durante este semestre.

A 1ª fase da Operação Paiol foi realizada no dia 7 de março deste ano, com a prisão de 22 pessoas e a apreensão de 23 armas. As ações desarticularam uma quadrilha especializada na venda de armamentos. As armas eram usadas em crimes como latrocínio, assassinato, tráfico e roubo em regiões do Distrito Federal.

Uma das pessoas que foram detidas naquela fase da operação atuou, de acordo com a Polícia Civil, como policial militar no Estado de Goiás, por meio de contrato temporário que se encerrou em 2015.

Notícias Relacionadas