Prefeitura cobra por milhares de limpezas de lotes particulares realizadas em 2016 e anuncia que irá realizar o serviço em mais 60 bairros em março

Mais uma vez e de uma vez só, a Prefeitura cobrou via diário oficial publicado na última segunda-feira (26) de mais de 3,5 mil contribuintes pelo “serviço de capina e roçagem” de lotes particulares em Anápolis.

No dado que mais interessa, o da data em que o serviço teria sido realizado, um fato chama a atenção: a maior parte das limpezas que o executivo está cobrando teria sido executada nos meses de janeiro, abril e maio de 2016. Portanto, há quase dois anos.

Na notificação, consta o número da inscrição, a data do lançamento do débito, a data em que teria sido realizado o serviço e o valor da limpeza, que varia de acordo com a metragem da área.

Contribuintes notificados – Edital 016 -2018 – SEMFAZ

Segundo a publicação, o contribuinte tem o prazo de 30 (trinta) dias para efetuar o pagamento ou impugnar o lançamento do preço pelo serviço. Caso não realize nem um, nem outro, o contribuinte está sujeito a multa de 40% sobre o ITU, podendo ser inscritas em dívida ativa e execução fiscal da dívida, caso não for paga.

Nova leva

No último dia 16, uma nova listagem de mais de 60 bairros foi divulgada e a Prefeitura anunciou que irá passar com o mesmo serviço no mês de março. Vale a informação para que os contribuintes dos setores anunciados fiquem atentos para que chequem as condições de limpeza de suas propriedades nessas localidades.

Edital n° – 007-2018 – GLU

 

 

Notícias Relacionadas