Quatro áreas do pré-sal brasileiro vão à leilão e Governo espera lucrar R$ 3,2 bilhões

Seguindo o processo de promover leilões com a maior descoberta de petróleo da História do Brasil, o Governo Michel Temer receberá hoje as principais petroleiras do mundo. As gigantes do setor vão disputar os blocos de exploração de petróleo da camada pré-sal do Brasil. Quatro áreas são ofertadas.

Serão 16 empresas foram habilitadas a participar deste leilão – o terceiro de áreas do pré-sal e o segundo com participação de estrangeiras. Serão ofertados os blocos Três Marias e Uirapuru, na Bacia de Campos, e Itaimbezinho e Dois Irmãos, na Bacia de Campos.

Se as 4 áreas forem arrematadas, a União irá arrecadar R$ 3,2 bilhões com o leilão.

Nas licitações sob o regime de partilha da produção, as empresas vencedoras são as que oferecem ao governo, a partir de um percentual mínimo fixado no edital, o maior percentual de óleo excedente da futura produção. Esse excedente é o volume de petróleo ou gás que resta após a descontar os custos da exploração e investimentos.

A Petrobras exerceu o direito de preferência por três dos quatro blocos ofertados: Dois Irmãos, Três Marias e Uirapuru. Isso significa que se a estatal não arrematar estas áreas, poderá se consorciar às empresas vencedoras para operar os blocos com participação de 30%.

Notícias Relacionadas