Ronaldo Caiado fala em “consultoria” para avaliar contas do Estado e tucanos entram em alerta

A grande dúvida política quanto ao comportamento do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) é se a postura do senador de “paz e amor” vista durante a campanha iria se manter no pós-urna ou se entraria em ação o Caiado combativo e enérgico no tratamento dos adversários políticos.

Após sinalizar com o nome de Álvaro Guimarães (DEM) para presidir a Assembleia Legislativa, que é um nome de diálogo e aproximação com segmentos políticos mais distantes como o PSDB e o MDB, agora Caiado anuncia uma medida que deixou muitos integrantes do Governo Marconi/José Eliton com as barbas de molho.

Ronaldo Caiado afirmou que pretende contratar uma consultoria “de renome nacional” para fazer um minucioso levantamento das reais condições das contas do Estado de Goiás depois de 20 anos de Governo do PSDB. O objetivo técnico é ter uma noção detalhada de como andam as contas e, portanto, o que é possível fazer neste começo de governo a partir de 2019.

No entanto, mas muitos, a medida é vista como uma movimentação política para promover a chamada “caça às bruxas”. “Ele pode usar isto para pisar no pescoço de Marconi que, agora, vai ter de se defender dos ataques sem mandato”, afirma um deputado estadual marconista, que prefere analisar o cenário com discrição.

“Este papo de diagnóstico é técnico, mas também pode ser político, depende do jeito que ele vai usar esses relatórios”, completa o parlamentar. Questionado sobre sua posição quanto ao novo governo estadual o ainda marconista resume: sou igual o Álvaro, sou do diálogo, mas o pessoal do Governo tem de ficar de orelha em pé”, finalizou.

A intenção de Caiado é que esta consultoria – que ainda não teve o nome revelado – possa iniciar os trabalhos imediatamente, tão logo comece a agenda da equipe de transição.

Notícias Relacionadas