Sem frutas, água e medalha, corrida de rua vira alvo de críticas nas redes sociais

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), bem que tentou capitalizar algum ganho político com a 1ª etapa da oitava edição da Corrida de Rua na cidade, mas o resultado esteve longe do esperado. Para os atletas, a corrida de rua representou uma imensa frustração.

A começar pela ausência de itens básicos para os corredores: a alimentação e a água que, segundo alguns relatos – acabou no meio da prova. Além do descuido com a Saúde dos corredores, ao final da prova, veio a frustração maior: a falta das já tradicionais medalhas.

Pelas redes sociais, corredores amadores de diversas cidades que estavam acostumados a participar do evento, revelaram sua decepção. Alguns disseram que só foram correr porque se faltassem seriam suspensos.

Na sua conta no Instagram e no Facebook, o prefeito se disse honrado com o momento de “emoção e alegria”. Os corredores usaram os perfis do prefeito e a página da Prefeitura para reclamar. Muitos anunciam que até desistiriam das próximas edição. A corrida de rua de Anápolis foi iniciada em 2010 e acontece todos os anos desde então.

Acompanhe alguns comentários nas redes sociais sobre o caso:

A postagem do prefeito recebeu diversos comentários negativos: faltou a medalha

Este corredor usou do humor e da ironia para se condecorar com uma medalha da corrida de Anápolis

 

Notícias Relacionadas