Polícia identifica suspeito em tiroteios no Texas; dez pessoas morreram

Um policial, sob condição de anonimato, disse à Associated Press que o suspeito de ser o atirador em uma escola no Texas é Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos. Ele é integrante do time de futebol da escola e parte da equipe de dança de uma Igreja Grega Ortodoxa local.

Dimitrios abriu fogo em uma escola de Santa Fé, no Texas, matando pelo menos dez pessoas, de acordo com informações preliminares. Ele teria atirado com uma espingarda é uma arma .38, conforme relato de testemunhas e informações da polícia local.

O incidente ocorreu no Distrito Escolar Independente de Santa Fé, que postou um comunicado em seu site sobre o tiroteio.

“Esta manhã houve um incidente na escola que envolveu um atirador ativo, o distrito iniciou um desligamento, enviaremos informações adicionais assim que estiverem disponíveis”, informou o distrito.

O assistente do reitor, Dr. Cris Richardson, afirmou que o suposto agressor foi preso e está sob custódia. “Fizemos um ótimo trabalho ao tirar nossos alunos do prédio e juntá-los com os pais, é o que posso dizer por enquanto”, destacou Richardson.

De acordo com fontes ouvidas pelo site de notícias da CNN, houve “várias mortes”.

Uma testemunha ouvida afirmou que o homem entrou em uma sala com o que parecia ser uma espingarda e começou a atirar. Uma menina teria sido baleada na perna nesse momento.

Mãe de uma estudante, Kim Sullivan disse que recebeu uma ligação de sua filha em que a aluna falava sobre o tiroteio. De acordo com a menina, o atirador teria obrigado ela e seus colegas a correr. Os pais estariam “confusos” e buscando informações sobre seus filhos.

Mais informações a qualquer momento.

Notícias Relacionadas