Tucano dá outra versão ao Caso Maurão: não haverá punição

O ex-presidente do PSDB e atual Secretário Municipal de Cultura, Erivelson Borges, apresentou à Voz de Anápolis outra versão sobre a reunião ocorrida na noite de ontem (23). Segundo ele, trata-se de “uma inverdade” que o conselho de ética se reuniu para tratar da expulsão do vereador Mauro Severiano.

“A Executiva se reuniu para tratar da composição do diretório e das eleições deste diretório que será agora em abril. Não tocamos em assunto de vereador Mauro Severiano”, disse, ainda ontem.

Borges explicou que os pronunciamentos de Mauro Severiano tecendo duras críticas ao Governo Marconi Perillo e ao vice, José Eliton, não causarão problemas entre a legenda e o vereador. “O partido já teve uma conversa com o vereador e não terá penalidade de suspensão. Ele levou apenas uma advertência verbal”, concluiu.

Notícias Relacionadas