Delegado afirma que não houve sequestro de gerente do Banco do Brasil

O delegado responsável pela 3ª Regional, Fábio Vilela, afirma que não houve o roubo e nem mesmo o sequestro do gerente do Banco do Brasil foi consumado. A informação circulou na sexta-feira. “Houve a restrição de algumas pessoas, mas não foi consumado”, explica o delegado, acrescentando que não houve o pagamento de resgate. Os bandidos haviam feito um pedido de resgate no valor de R$ 1,5 milhão.

Vilela ressalta que a investigação está a cargo da Delegacia de Investigações Criminais (DEIC) em Goiânia e, por isto, não tem mais informações para fornecer, mas o delegado afirmou que a ação policial interveio na operação criminosa.

Notícias Relacionadas